Dicas de como montar um negócio online seguro

Sabia que vários tipos de negócio online ou modelos de negócio digital são muito visados por fraudadores e hackers? Por essa razão é essencial tomar medidas preventivas de segurança.

Em média acontece uma tentativa de fraude a cada cinco segundos, de acordo com estudo realizado por uma empresa especializada em fraude. E quais são as empresas que estão na mira dos fraudadores? Quais ações podem ser tomadas para evitar ataques?

Os principais alvos são e-commerces, aplicativos, tecnologias de economia compartilhada, landing pages de coleta de leads, plataformas de jogos, entre outros tipos de negócios.

Confira medidas que podem ser tomadas para garantir a segurança de seu negócio online.

Medidas de segurança para seu negócio online

Segurança digital é essencial para evitar perda de lucro e garantir a credibilidade do negócio. O primeiro passo para evitar ataques é incentivar novos usuários/clientes a cadastrar uma senha difícil, mas será que isso basta? Não, pois a maioria das pessoas não vai seguir a recomendação.

Sendo assim, é interessante e importante que as empresas implementem medidas extras para garantir a segurança das transações online e também a integridade dos dados dos clientes.

Todas essas medidas podem, e devem, ser informadas aos clientes, porque tratam-se de benefícios para que eles possam estar protegidos ao realizar atividades online. Vejamos três ações para garantir a segurança do negócio online:

  • Autenticação de 2 fatores (A2F)

A A2F, ou em inglês 2FA, é um método de autenticação multi fator, ou seja, que só permite que alguém acesse um determinado local caso confirme duas vezes ser a verdadeira pessoa. Precisa apresentar as três características: conhecimento, posse e inerência

Por exemplo, ao realizar o cadastro em um site é necessário, além da senha padrão, digitar um código que é enviado por SMS para o celular ou usar um aplicativo que gera um número temporário de liberação.

Tal tecnologia é muito usada por bancos também, chamada de token, permite que o banco valide se realmente a transação está sendo feita pela verdadeira pessoa dona da conta ou do aparelho cadastrado.

A autenticação de 2 fatores permite verificar a identidade, garantindo que o contato seja verdadeiro, trazendo segurança para o seu negócio.

  • Opções de pagamentos

A quantidade e os tipos de meios de pagamentos disponíveis geram credibilidade para o negócio, desde que sejam marcas de renome e seguras.

Quanto mais facilidade, melhor; então invista em carteiras digitais de renome (e-wallets), cartões de crédito das principais bandeiras, visa checkout ou masterpass e em uma boa plataforma de boletos.

Além disso, tenha certificações SSL e TLS.

  • Servidores de alta qualidade

É inútil colocar em prática as medidas acima se não houver uma boa manutenção dos dados da empresa, incluindo dados dos seus clientes/usuários. Um bom servidor é essencial para a proteção de dados, para manter o site sempre online, seguro contra ataques e não vulnerável à perda.

E devemos considerar também que para reter clientes, a agilidade do site é essencial para garantir boa experiência de usuário.

Conclusão

Mostrar que o site é confiável não é só importante para as vendas, mas também para garantir que o negócio não seja atacado e não tenha prejuízos por causa de hackeamentos, chargebacks e compras fraudulentas.

Investir em segurança é algo que evita perdas e até otimiza operações. Faça uma avaliação do negócio e coloque em prática ações preventivas de segurança.